Política

Revisão Plano Diretor é debatida em audiência da Câmara

Novo encontro será realizado na próxima quarta, antecedendo a votação do projeto


A Revisão do Plano Diretor, - resultado de dois anos de trabalho realizado pelos técnicos da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), em parceria com representantes da comunidade - foi apresentada em primeira audiência pública do Legislativo, na noite de quinta-feira (12), no auditório da Câmara Municipal.

Apesar de técnico, o tema atraiu a atenção e lotou o plenário do Legislativo. Um segundo encontro será realizado na próxima quarta-feira, 18, antecedendo a votação do projeto de lei que, na opinião do gestor da UGPUMA, Sinésio Scarabello Filho, é conciso e tem por objetivo reduzir conflitos, preservar a qualidade de vida da cidade.

A participação social foi possível por meio de audiências em bairros, encontros técnicos e sugestões - pelo site Plano Diretor Participativo - para a mudança da Lei 8.683/2016 que disciplina os aspectos urbanísticos e territoriais de todo o município.

Segundo Sinésio, a proposta é resultado de uma atuação transparente do governo e que ainda está em evolução. "Foram tomadas decisões para determinadas situações que terão continuidade, com os Planos de Bairro, em áreas específicas, discutidas a cada 12 meses", comentou.

Com esta medida, segundo o gestor, se pretende estudar e definir diretrizes mais detalhadas para os bairros que estão sujeitos a transformações mais expressivas, determinadas pelas suas potencialidades e fragilidades. "Assim, os Planos de Bairro deverão complementar ou adequar as diretrizes gerais definidas no Plano Diretor", completou.