Polícia

Polícia prende quatro e apreende R$ 2 milhões em drogas

A Polícia Civil, através da DIG, prendeu quatro homens e apreendeu as drogas na cidade


A retroescavadeira estava no galpão

A Polícia Civil, através da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) prendeu quatro homens em cumprimento de mandados de busca e apreensão na cidade de Jundiaí. A ação resultou ainda na apreensão de drogas avaliadas em R$ 2 milhões.

Equipes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) foram até um apartamento, na Avenida 14 de Dezembro, onde foi encontrado meio quilo de maconha e cerca de 11 quilos de droga sintética pura, que serve para o preparo de ecstasy. Também houve a apreensão de diversos documentos
e materiais para o preparo dos entorpecentes.

Dentro do imóvel foram presos quatros homens, sendo três mexicanos, suspeitos de associação criminosa e tráfico de drogas. O brasileiro, que já estava sendo investigado, disse ser gerente de um hotel em Goiânia e os estrangeiros comerciantes de roupas na cidade de Guadalajara.

Segundo um deles, a droga vinha do México até Goiânia, passava por Jundiaí, e era revendida na cidade de São Paulo. No local, também foi apreendido um Toyota Hylux, 1.470 pesos mexicanos, 30 mil pesos colombianos, 54 mil guaranis, além de notas de outros países.

Já no outro endereço, constante no outro mandado, localizado na Avenida da Uva, foi encontrada no galpão uma máquina tipo retroescavadeira, com a identificação comprometida. O galpão estava lacrado e ninguém foi encontrado. A perícia foi acionada.