Polícia

Na Anhanguera, condutor de carro atira na GM e acaba preso

Carro que ele conduzia foi flagrado pelo sistema OCR e acompanhado pela equipe da Guarda Municipal


Um homem, que seria procurado pela Justiça, foi detido na madrugada desta quinta (27) na Rodovia Anhanguera, pelo Apoio Tático da Guarda Municipal, após fazer um disparo contra a equipe durante uma perseguição. Ele foi preso em flagrante, pela autoridade policial, suspeito de homicídio tentado, posse ilegal de arma de fogo, resistência e desobediência.

Em patrulhamento, os GMs De Paula, Francischini e Edmundo foram informados que um homem, procurado pela Justiça suspeito de roubo à residência, estaria conduzindo um Gol prata, que constava no sistema OCR. O carro foi flagrado trafegando perto da Rodovia João Cereser.
A equipe, que era coordenada pelo subsinspetor Joel, se deparou com o veículo acessando a Rodovia Anhanguera, no quilômetro 64, sentido Jundiaí/Campinas. Segundo o Boletim de Ocorrência, O Gol foi acompanhado e seu condutor recebeu sinais sonoros e luminosos para parar. Porém, os ignorou.

A viatura emparelhou com o Gol. Neste momento, o condutor sacou um revólver calibre 38 e fez um disparo em direção aos guardas, mas não conseguiu acertá-los. A viatura reduziu a velocidade e ficou atrás do Gol, quando um GM fez um disparo, acertando o lado traseiro direito do veículo, perto do tanque de combustível, e o pneu direito.

Em seguida, o condutor do veículo parou, desceu e tentou fugir, mas foi abordado e detido. Em vistoria no Gol os GMs encontraram o revólver, com numeração raspada, municiado com cinco projéteis intactos e um deflagrado, no assoalho.

Depois, o condutor do carro foi apresentado no plantão policial e preso em flagrante, suspeito de desobediência, resistência, posse ilegal de arma de fogo e homicídio tentado. Na sequência, foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, ficando à disposição da Justiça.
Após passar por perícia, o Gol foi apreendido e recolhido ao pátio do guincho.