Polícia

Filho é preso suspeito de agredir a própria mãe com marreta

Com trauma craniano grave, vítima foi socorrida à UPA de Várzea Paulista, onde ficou internada


A Polícia Militar foi informada por vizinhos de um imóvel, no bairro Sequóia em Várzea Paulista, que estaria ocorrendo violência doméstica. Chegando ao local, eles viram que uma mulher de 70 anos, com trauma craniano grave, estava sendo socorrida à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do município, onde ficou internada.

Ela contou aos PMs que após acordar, sem nenhum motivo, o filho de 31 anos a agrediu com uma marretada na cabeça. Os PMs detiveram o filho no imóvel, após apresentar resistência.

Ele foi apresentado na delegacia do município, onde a autoridade policial, após ser informada sobre os fatos, o prendeu em flagrante, suspeito de tentativa de homicídio. Depois, foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, ficando à disposição da Justiça.