Geral

Saúde: Jundiaí disponibiliza o Disque 156 Coronavírus

A plataforma conta com médicos, enfermeiros e odontólogos para a solução das dúvidas sobre o tema


O médico Mauro Sizer tem 30 anos de experiência no atendimento em

"Estou com tosse. Será que estou com COVID-19?", "Tenho dor de cabeça e dores no corpo. O que devo fazer?" ou "Qual o serviço de saúde mais próximo de onde moro?" Esses são alguns questionamentos que permeiam a população, em época de pandemia do Novo Coronavírus. Para auxiliar a população a ter informações corretas e precisas, além de orientação específica sobre os cuidados necessários para o enfrentamento à doença que coloca o mundo em alerta, a Prefeitura de Jundiaí deu início, nesta terça-feira (23), ao serviço 'Disque 156 Coronavírus'.

A plataforma - desenvolvida pela Companhia de Informática de Jundiaí (Cijun) -, funcionará por atendimento telefônico 156 e contará com técnicos da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) - médicos, enfermeiros e odontólogos - para a solução das dúvidas dos jundiaienses específicas sobre o tema. Com a necessidade de conter o fluxo das pessoas, o serviço de atendimento por voz ou digital será o apoio necessário, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

O médico Mauro Sizer tem 30 anos de experiência no atendimento em Saúde de Jundiaí e é um dos profissionais escalados para realizar o atendimento à população por telefone. "Comecei atendendo em UBS, passei pelo Ambulatório de Moléstias Infecciosas (AMI), NIS e outros serviços. O atendimento pelo Disque 156 Coronavírus é uma novidade para mim e estou muito satisfeito em esclarecer as dúvidas da população. Desta forma colaboramos para evitar que se exponham a riscos desnecessários em aglomerações, por exemplo, ou que busquem por serviços errados em relação ao Novo Coronavírus", comenta o médico, que já foi secretário de Saúde e diretor da Diretoria Regional de Saúde de Campinas.

"Percebemos um aumento vertiginoso de demandas nos mais variados canais de comunicação da Prefeitura. Centralizar a informação, de forma individualizada e especializada são os diferenciais do novo serviço, que também foi criado a partir de encaminhamento pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC). Neste momento, precisamos unir forças para lutar contra o Novo Coronavírus", detalha o prefeito Luiz Fernando Machado, que reforça a necessidade da permanência em isolamento social das pessoas com mais de 60 anos, que formam o público-alvo de maior risco da doença.

O gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera, destaca a importância da equipe especializada. "Neste momento, todos os servidores da Saúde de Jundiaí estão a postos para o enfrentamento a esta doença. Aqueles que são restritos para o atendimento ao público, na linha de frente, desenvolverão o que, numa guerra, podemos chamar de retaguarda, dando suporte, tirando dúvidas, orientando e esclarecendo quem está sem informações sobre os sintomas ou quando e qual serviço que deve procurar", argumenta.

SEE ALSO ...