Geral

Fiscalização multa moradores de Várzea por descarte irregular em Jundiaí

Ossos e vísceras de origem animal estão entre os materias


A Prefeitura de Jundiaí multou dois moradores de Várzea Paulista, flagrados fazendo descartes irregulares na rua José Coelho Capitão, no bairro Ivoturucaia, no final de semana. O descarte irregular pode render multa de R$ 500 a R$ 9 mil para quem for flagrado, conforme a Lei Municipal 2.140/2017.

O primeiro caso ocorreu no sábado (19). O homem, que mora no Jardim América I, na cidade vizinha, foi autuado enquanto descartava em um terreno público uma quantidade pequena de carcaça, ossos e vísceras de origem animal. O infrator terá de pagar uma multa de R$ 500, calculada pela quantidade do resíduo que seria descartado, conforme determina a Lei Municipal 2.140/2017. Ele só pôde deixar o local após recolher as carcaças para fazer o descarte correto.

Na final da tarde de domingo (20), outro homem, desta vez morador do Jardim America IV, foi multado em R$ 500 ao ser flagrado descartando ossos de origem animal no mesmo terreno, que é um conhecido ponto de descarte irregular.

Conforme preconiza a Lei Municipal 2.140/2017, a multa só pode ser aplicada em caso de flagrante. Por isso, a Unidade depende também do apoio da população para denunciar caso identifiquem um descarte sendo feito.

Em Jundiaí, existem cinco ecopontos, que são locais de entrega voluntária de pequenos volumes de entulho, grandes objetos e resíduos recicláveis, em diversas regiões da cidade. Eles estão localizados nos bairros Jardim do Lago, Jardim Tarumã, Morada das Vinhas, Novo Horizonte e no Distrito Industrial (Geresol).