Geral

Cilindros de oxigênio saem de Jundiaí para salvar vidas em todo o estado

A empresa MAT, que fabrica cilindros de alta pressão, fez a entrega de 216 unidades para o Governo de SP


Patrícia Ellen, Jean Gorinchteyn e Marco Vinholi com o prefeito Luiz Fernando Machado

Sediada no Distrito Industrial de Jundiaí, a empresa MAT, que fabrica cilindros de alta pressão, fez a entrega de 216 equipamentos para o Governo do Estado de São Paulo. O recebimento dos cilindros foi feito, nesta quarta-feira (31), pelos secretários de Estado Jean Gorinchteyn (Saúde), Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional), Patricia Ellen (Desenvolvimento Econômico) e o prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado.

Luiz Fernando salientou a importância que o Distrito Industrial de Jundiaí tem neste momento pandêmico. "A cidade conta com empresas que produzem equipamentos e suprimentos medicinais, como a MAT, que contribuem para o combate da Covid-19 não só no Estado como em todo o país", afirma o prefeito.

Os cilindros serão encaminhados para a Baixada Santista e cidades do Vale do Paraíba, localidades que apresentam demanda urgente do equipamento. "Assim que saírem da fábrica em Jundiaí, os equipamentos serão levados para a empresa Air Liquide, que fará a doação do oxigênio", explicou Patrícia Ellen.

O secretário de Estado da Saúde ainda comentou que os equipamentos serão destinados aos locais que fazem o atendimento da população. "Não serão enviados para os grandes centros e sim para as unidades menores. É mais um recurso que o Governo do Estado está viabilizando para que não falte oxigênio nos hospitais de São Paulo", comentou Jean.

Segundo Marco Vinholi, este é o primeiro lote de um total de 2.000 cilindros adquiridos pelo Estado.

O presidente da empresa MAT, Luiz Fernando Assaf ainda reforça que a indústria tem trabalhando sem parar para atender à alta demanda recebida. "A empresa tem trabalhado 22 horas por dia para conseguir suprir as entregas", conta.