Esportes

Em má fase, Paulista se isola na lanterna após nova derrota

Galo perdeu para o Noroeste, em Bauru, por 2 a 0. Nesta quarta será contra o Comercial, em Ribeirão Preto


A má fase do Paulista é uma realidade. Após tropeços em casa, seria muito mais difícil imaginar que o Galo conseguisse superar algumas fragilidades técnicas e vencer o líder Noroeste, em Bauru e dito e feito: nova derrota, desta vez por 2 a 0, no Estádio Alfredo Castilho, o que aumenta e muito a pressão sobre a comissão técnica, comandada por Edson Fyo.

O Tricolor assumiu isoladamente a lanterna da Série A-3 e um novo tropeço diante do Comercial de Ribeirão Preto, em jogo fora de casa, nesta quarta-feira (12), às 20 horas, pode levar à demissão de Fyo & cia. O Comercial/SP, que acabou de demitir Roberval Davino, anunciou o técnico Fahel Júnior que deve estrear contra o Galo em jogo válido pela quinta rodada da primeira fase. O Tricolor de Jundiaí segue na última colocação com apenas um ponto em doze disputados, na 16ª posição, de forma isolada.

Os dois únicos gols do Noroeste contra o time jundiaiense saíram no primeiro tempo. Guilherme Teixeira, de cabeça, em jogada de escanteio, marcou aos 34 minutos - foi o 3º gol do zagueiro na competição. Seis minutos depois o time de Bauru chegou ao segundo gol com Yamada, em bate rebate. O lance mostra o desespero que está o Galo, quem tenta tirar a bola, mas está dentro do gol é o atacante Cafu (um atacante atrás até de todos os zagueiros e o goleiro), em um lance que não era de bola parada. 

Se não bastassem os problemas em campo, fora dele, o Galo praticamente perdeu uma cria da base, o lateral-direito Victor Emerson, que foi embora no domingo passado, e há fortes indícios de que ele deve estar fechando com o Fortaleza (CE).