Economia

Pagamento do IPTU com desconto pode ser feito até dia 26 de março

Contribuintes que ainda não pagaram o IPTU têm a opção de pagá-lo em parcela única com desconto de 4%


Os contribuintes que ainda não pagaram o IPTU (Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano) têm a opção de pagá-lo em parcela única até dia 26 de março com desconto de 4%.

Moradores da cidade que por acaso não receberam o carnê, que porventura tenha sido extraviado, podem imprimir a segunda via da parcela pela internet, em um espaço dedicado ao imposto no site da Prefeitura de Jundiaí. "Com a impressão da segunda via no site, o contribuinte pode fazer o pagamento em sua casa, com todo conforto e segurança neste período de pandemia, além da economia para os cofres públicos, gerada de papel e pelo custo dos Correios para o envio do carnê", explica o gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi.

A Prefeitura de Jundiaí mantém um contrato com os Correios para que os carnês cheguem antes do prazo de vencimento na casa das pessoas. Os carnês começaram a ser enviados no dia 15 de janeiro, no endereço do contribuinte que consta no cadastro da Prefeitura.

Pessoas cadastradas no IPTU Eletrônico já receberam o carnê por e-mail no início de janeiro. Nesse sistema, o cadastro deve ser feito até 10 de dezembro do ano anterior à emissão do carnê. Até 10 de dezembro do ano passado, foram cadastrados 13 mil contribuintes que optaram por receber o IPTU por e-mail.

Neste ano, a Prefeitura de Jundiaí fez o lançamento do IPTU para aproximadamente 176 mil imóveis da cidade e tem uma arrecadação estimada na Lei Orçamentária Anual (LOA de 2021) de R$ 205.504.600,00. Recursos arrecadados com impostos são destinados à Saúde e Educação (com 52% do total) e o restante para a conservação da cidade.