Política

Equilíbrio fiscal do Município é destacado em audiência

Audiência pública aconteceu na tarde desta segunda-feira (27), no Paço Municipal


Uma equipe da Unidade de Gestão de Governo e Finanças apresentou, em audiência pública na tarde desta segunda-feira (27), no Paço Municipal, dados que comprovam o equilíbrio fiscal do Município, alcançado após dois anos de um rigoroso corte de despesas que se fez necessário por conta da situação deteriorada das contas públicas herdada da administração anterior. "Não há o menor risco de sairmos do rumo que adotamos no início de 2017, que é o de total transparência e responsabilidade na gestão dos recursos públicos", destacou o gestor José Antonio Parimoschi.

A audiência teve como objetivo tranquilizar a população, servidores e vereadores em função de informações equivocadas que circularam nas redes sociais por conta de um alerta emitido pelo Tribunal de Contas do Estado. "O Tribunal analisou os dados de um único bimestre, que é apenas um recorte e não pode ser interpretado isoladamente. Em nenhum momento, considerando os últimos doze meses, nós deixamos de investir o mínimo de 25% em Educação, como manda a Lei de Responsabilidade Fiscal", ressaltou o gestor.

O gestor ajunto de Finanças, José Roberto Rizzotti, citou como exemplo o resultado primário do primeiro trimestre deste ano, que é quase três vezes maior do que o estimado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) aprovada no ano passado. "Isso ocorre porque, no início do ano, a Prefeitura tem uma arrecadação maior. Ou seja, novamente, não dá para analisar apenas uma parcela dos dados", explicou.

SEE ALSO ...