Política

Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres

Lembrada hoje (25), data contou com pronunciamento de Michel Temer


Por ocasião do Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, lembrado hoje (25), o presidente Michel Temer disse afirmou que a sociedade não pode tolerar agressões contra as mulheres. "Que este 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, nos alerte ainda mais para essa causa que é de cada um de nós", escreveu. Temer destacou que os canais de denúncia são fundamentais. "Por esse motivo criei, em 1985, a Delegacia da Mulher, primeiro canal oficial para esse objetivo. Hoje temos também o #ligue180, serviço gratuito e confidencial para denúncias de violência contra a mulher. Vamos eliminar esse mal", afirmou.

ONU

A secretária-geral adjunta das Nações Unidas e diretora da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka, disse ser "absolutamente inaceitável que a grande maioria dos autores de violência contra mulheres e meninas fique impune". 

"É um chamado para ouvir e acreditar nas sobreviventes, colocar fim à cultura de silêncio e que a nossa resposta tenha como foco as sobreviventes. Deve-se deixar de questionar a credibilidade da vítima. Em vez disso, deve-se centrar na prestação de contas do agressor", acrescentou a diretora.

VEJA TAMBÉM...