Polícia

Índices de violência e criminalidade registram queda em Jundiaí

Somente as ocorrências de roubo de carga avançaram, registrando alta de 17,65%


Números divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo indicam queda nas ocorrências registradas comparativamente no período compreendido de janeiro a novembro de 2017 e 2018, envolvendo homicídio (queda de 42,86%) e/ou tentativa (redução de 14,30%); latrocínio - roubo seguido de morte (3 casos contra 1); roubo (redução de 34,55%) e furto em geral (queda de 3, 36%). Somente as ocorrências de roubo de carga avançaram, registrando uma alta de 17,65%.

Intensificação do patrulhamento comunitário, atuação cada vez mais próxima da comunidade e integração efetiva entre as forças de segurança pública do município tornaram-se iniciativas representativas para que a Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) pudesse contribuir com parcela significativa no intuito de minimizar os índices de violência e criminalidade. A participação das equipes de Ronda Escolar - Anjos da Guarda, Canil, Central de Monitoramento Eletrônico Olho Vivo, Centro de Operações Táticas e OCR - Inteligência foram fundamentais para os resultados alcançados.

"Temos um grande desafio a cumprir: dar à população a sensação de segurança cada vez mais ampliada, com uma política de integração gradativa e efetiva entre a Guarda Municipal de Jundiaí e os demais órgãos de segurança pública. Graças aos avanços na capacitação e atualização permanente dos agentes que integram a Corporação, aliada à tecnologia empregada pelos sistemas de inteligente, Jundiaí é referência nacional: está entre as 10 cidades mais pacíficas do país (informações: Atlas da Violência 2017, divulgados pelo Instituto de Pesquisa Aplicada (IPEA), inclusive ao promover a melhor qualidade de vida aos jundiaienses e também àqueles que escolhem a cidade para trabalhar e morar com toda a família", ressaltou o titular da Gestão de Segurança, Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel (Jacó).

Comparativos - atendimentos registrados no período de janeiro a novembro

2017
Homicídio doloso: 14
Tentativa de homicídio: 21
Latrocínio: 3
Roubo: 1.546
Roubo de veículo: 322
Roubo de carga: 102
Furto: 4.410

2018
Homicídio doloso: 8 - queda de 42,86%
Tentativa de homicídio: 18 - queda de 14,30%
Latrocínio: 1 - queda de 66%
Roubo: 1.012 - queda de 34,55 %
Roubo de veículo: 319 - estável
Roubo de carga: 120 - alta de 17,65%
Furto: 4.262 - queda de 3,36%

SEE ALSO ...