Polícia

Guardas localizam veículo e evitam golpe do seguro

Carro, que tinha queixa de furto em Campo Limpo Paulista, foi localizado em Jundiaí


Informados sobre um carro de origem ilícita que teria entrado em Jundiaí, guardas municipais o localizaram e abordaram seus ocupantes, que foram levados ao plantão policial, onde compareceram a proprietária e seu marido. Na delegacia, em interrogatório, o marido informou que entregou o carro a um adolescente para receber o valor do seguro. Por isso, ele e outro maior, que estava como passageiro do veículo, foram presos em flagrante pela autoridade policial, suspeitos de fraude para recebimento de indenização ou valor do seguro e corrupção de menor.

Segundo o Boletim de Ocorrência, guardas municipais ficaram sabendo através do COT (Centro de Operações Táticas) sobre a entrada em Jundiaí de um GM/Prisma, que constava como produto de ilícito em Campo Limpo Paulista.

Na Rodovia Geraldo Dias os GMs De Paulo, Edmundo e Guilherme abordaram o veículo, que era ocupado por um jardineiro de 20 anos e um adolescente de 17 anos, que o conduzia. Indagado, o adolescente alegou que havia adquirido o veículo de uma terceira pessoa e na companhia do jardineiro estariam levando o veículo para a cidade de Boituva.

O jardineiro contou que teria sido convidado pelo adolescente para ajudá-lo a levar o carro para outra cidade, sendo que por isso receberia R$ 500,00, valor que seria descontado de uma dívida que tinha com o adolescente, pois havia adquirido dele, no passado, um Gol.

Durante o registro da ocorrência foi acionada a vítima, uma professora de 24 anos. Ela compareceu na delegacia acompanhada do marido, um metalúrgico de 27 anos. No plantão policial, o metalúrgico acabou confessando que havia entregado o carro ao adolescente para receber o valor do seguro. A autoridade policial determinou a prisão em flagrante do jardineiro e do metalúrgico, suspeitos de fraude para recebimento de indenização ou valor de seguro e corrupção de menor. Quanto ao adolescente, foi elaborado um termo circunstanciado de ato infracional (fraude para recebimento de indenização ou valor de seguro).

SEE ALSO ...