Polícia

Carro bate em moto, motociclista morre e motorista é preso

Condutor do carro foi preso em flagrante suspeito de dirigir sob efeito de álcool


No início da madrugada, o sistema de monitoramento da Concessionária AutoBan flagrou uma moto Honda CG 150 ESD Titan vermelha trafegando em baixa velocidade, na segunda faixa de rolamento, da Marginal da Rodovia Anhanguera, perto da Avenida Jundiaí, enquanto um Honda Civic preto estava em alta velocidade.

Em seguida, por razões ignoradas, no quilômetro 58, segundo o Boletim de Ocorrência, o carro bateu na traseira da moto, projetando o motociclista
metros adiante. Devido à colisão, moto e carro ficaram danificados.

A moto ficou na segunda faixa de rolamento, após ter sido arrastada 100 metros do ponto original do impacto, enquanto o veículo ficou imobilizado na primeira faixa, junto à defensa metálica.

Policiais militares foram ao local e abordaram o condutor do carro, um empresário de 37 anos, que apresentava sinais de embriaguez, como olhos
vermelhos, fala desconexa e desorientação. Os PMs constataram que o motociclista, um homem de 32 anos, já estava morto, fato verificado por um médico do resgate da AutoBan, que compareceu no local. Em seguida, os PMs conduziram o condutor do veículo ao plantão policial.

Um médico legista foi acionado pela autoridade policial e constatou a embriaguez do empresário. Devido os fatos, a autoridade policial determinou a elaboração de Boletim de Ocorrência de homicídio culposo na direção de veículo automotor sob a influência de álcool e a prisão em flagrante do motorista, que depois foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, ficando à disposição da Justiça. O caro foi apreendido e recolhido ao pátio do guincho para perícias complementares.

SEE ALSO ...