Geral

Tuberculose: UBSs oferecem para diagnóstico precoce

Tosse persistente por mais de três semanas pode ser sintoma da doença


A Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) realiza, neste mês de março, a 1ª Intensificação de Busca Ativa de Sintomáticos Respiratórios para diagnóstico de Tuberculose. A iniciativa faz parte das ações ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, celebrado no dia 24 de março. O tratamento é oferecido gratuitamente pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Em média, por ano, de acordo com dados da Vigilância Epidemiológica (VE), são registrados 100 novos casos da doença. "A partir do diagnóstico da tuberculose é feito o tratamento e acompanhamento pela própria Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência do paciente. A precocidade no diagnóstico aumenta a possibilidade de cura do paciente e reduz a transmissão para outras pessoas que tenham contato direto com o doente. O tempo mínimo de tratamento é de 6 meses, sendo supervisionado pelas UBSs. Jundiaí é uma cidade que tem um trabalho intensivo no combate a essa doença, registrando percentuais acima de 85% de cura, que é o preconizado pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde (OMS)", comenta a médica da Vigilância Epidemiológica (VE), Sandra Ervolino, responsável pelo trabalho específico à doença.

VEJA TAMBÉM...