Geral

Sarampo: Prefeitura disponibiliza conteúdo explicativo

No modelo perguntas e respostas, material esclarece principais dúvidas da população


Para eliminar as dúvidas dos munícipes, a Prefeitura de Jundiaí disponibilizou material explicativo sobre o Sarampo. Jundiaí registra apenas um caso confirmado da doença, em mulher de 50 anos sem registro vacinal anterior.

Conheça as principais informações disponibilizadas pela Vigilância Epidemiológica:

 

1- Qual a faixa etária para a imunização?

É necessária a vacinação para pessoas nascidas a partir de 1960, com duas doses para quem tem de 1 ano até 29 anos e uma dose para quem tem mais de 30 anos.

2-  Crianças menores de um ano podem ser vacinadas?

A Secretaria de Estado da Saúde liberou a vacinação para crianças entre 6 meses e menores de um ano, de forma adicional. Essa dose, no entanto, não será contabilizada para as duas doses de rotina que as crianças terão de tomar aos 12 meses e aos 15 meses

3- Gestantes e puérperas podem tomar a vacina?

A vacinação contra o sarampo não é indicada para gestantes. Já para as puérperas, a vacinação está liberada.

4- Pessoas imunossuprimidas podem se vacinar?

Pessoas imunossuprimidas não podem tomar a vacina. A determinação da Secretaria de Estado da Saúde para o Município é que as pessoas nascidas a partir de 1960 tenham duas doses registradas de vacina contra o sarampo para aqueles com idade até 29 anos, e, uma dose para quem tem 30 anos ou mais. Em caso de dúvida, compareça à UBS de referência.

5- As UBSs vacinam aos sábados?

A vacinação está disponível nas UBSs de segunda a sexta, no horário de funcionamento de cada unidade. Aos sábados não há vacinação.

6- Não tenho certeza se tomei a segunda dose.

Se você não tomou a segunda dose, aconselhamos você a procurar a UBS mais próxima para a imunização. Caso você não lembre se possui o primeiro registro da vacina, orientamos você a tomar as duas doses.

7- Falta da vacina nas UBSs.

A reposição das doses é efetuada conforme a solicitação da equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS). O intervalo se dá pelo fluxo de atendimento, não ultrapassando o período de solicitação.

8- Qual o intervalo de tempo para imunizar crianças de um ano?

A vacina deve ser aplicada aos 12 meses de vida e o reforço aos 15. É importante que as crianças tomem as vacinas no tempo estipulado pelo Ministério da Saúde.

SEE ALSO ...