Geral

São Vicente adquire 26 monitores de alta tecnologia

Desde o início do ano, HSV investiu mais de R$ 3 milhões em novos equipamentos


O Hospital São Vicente de Paulo (HSV) acaba de adquirir 26 monitores multiparâmetros de alta tecnologia. Os equipamentos possuem uma série de funcionalidades e já estão instalados em diversos setores do hospital. O investimento na aquisição dos equipamentos foi de R$ 429 mil, viabilizados por meio do convênio 848617/2017, do ex-deputado federal Miguel Haddad. Desde o início do ano até o momento, o HSV investiu R$ 3.141.821,50 na aquisição de 111 novos equipamentos.

"Com o auxílio de emendas parlamentares nestes últimos dois anos e meio, conseguimos renovar parte dos equipamentos essenciais para o atendimento de excelência em saúde. Cada um desses investimentos foi pensado com muita responsabilidade e comprometimento. Somos muito gratos", afirma o superintendente do HSV, Matheus Gomes. "Também destacamos o apoio da Prefeitura de Jundiaí, que tem sido fundamental para nossa operação. Dos R$ 200 milhões gastos anualmente com a assistência aos pacientes, R$ 160 milhões são custeados pela atual gestão". 

"Estes equipamentos permitirão maior eficiência por parte da equipe médica, possibilitando monitoramento mais preciso e auxiliando na tomada de decisões rápidas e resolutivas. Um grande avanço operacional para o São Vicente e para os cuidados com seus pacientes", afirma o diretor clínico do HSV, Dr. Frederico Michelino de Oliveira.

Eficiência

Os monitores têm excelente desempenho no monitoramento de sinais vitais dos pacientes. Dentre eles, eletrocardiograma (ECG), que mede a atividade elétrica do coração em funcionamento; oximetria, que avalia a porcentagem de oxigênio transportado na circulação sanguínea; capnografia, que registra a pressão parcial de dióxido de carbono durante o ciclo respiratório e que é especialmente utilizado em procedimentos com uso de anestesia e terapia intensiva; Pressão Arterial Não Invasiva (PANI), Pressão Arterial Invasiva (PAI) e temperatura.

Além da visualização ao lado dos leitos, os novos monitores permitem o acesso remoto, a partir de uma central de monitoramento, onde é possível visualizar os sinais de todos os 26 aparelhos.

SEE ALSO ...