Geral

Reeducandos do semiaberto já roçaram 12,6 mil metros

Além de zeladoria, estão executando serviços de carpintaria, pintura e serralheria


Desde a assinatura do convênio entre a Prefeitura de Jundiaí, Secretaria da Administração Penitenciária e a Fundação Professor Dr. Manoel Pedro Pimentel (FUNAP), em abril, reeducandos do regime semiaberto da Penitenciária de Franco da Rocha já realizaram o corte de mato e a raspagem de guias em 12,6 mil metros lineares de área em várias vias de Jundiaí. Além do serviço de zeladoria, alguns reeducandos estão executando serviços de carpintaria, pintura e serralheria no Departamento Central de Suprimentos e Serviços.

Os reeducandos estão sendo deslocados para áreas onde há grande demanda de serviços de zeladoria no Município.

No Distrito Industrial, receberam o serviço de zeladoria as avenidas das Indústrias, Antonieta Piva Barranqueiros e Yamashita Yukio. Após a conclusão desse serviço, os reeducandos foram direcionados para a Estrada Municipal do Varjão e para o bairro Almerinda Chaves, onde seguem atuando neste momento. Nessa segunda etapa, parte da equipe fará a manutenção de vielas e pequenos reparos. Ao todo, mais 6 mil metros lineares de área receberão as melhorias.

A partir desta segunda-feira (01), uma outra equipe de 12 reeducandos inicia o trabalho de limpeza nas laterais da Avenida Antonio Frederico Ozanam, no sentido Várzea Paulista.

SEE ALSO ...