Geral

Mortalidade Infantil em Jundiaí é a menor da história

A redução foi de 31,46%. Investimentos na Saúde refletem no índice


Jundiaí comemora a conquista da menor Taxa de Mortalidade Infantil registrada no Município, em 2018, com 7,23 mortes em cada mil nascidos vivos. A redução, em relação ao ano anterior, foi de 31,46%, quando o índice foi de 10,55. O dado sintetiza o trabalho desenvolvido pelas equipes das redes de atenção à saúde da população, pública e privada, e reflete os investimentos realizados pela gestão do Prefeito Luiz Fernando Machado. 

A análise feita pela Vigilância Epidemiológica (VE), da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), registra 46 óbitos de crianças residentes em Jundiaí até um ano de idade, no ano de 2018. No mesmo período foram registrados 6.363 nascimentos vivos. Em 2017, foram registrados 64 mortos em 6.065 nascidos vivos. De acordo dados da Fundação Seade, no Estado de São Paulo, foram registrados 6.569 óbitos de crianças menores de um ano, resultando em taxa de mortalidade infantil de 10,74 óbitos por mil nascidos vivos. A taxa nacional é 12,8 de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No comparativo, Jundiaí tem índice menor, resultado dos investimentos realizados e trabalho direcionado.

Jundiaí, de acordo com dados do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS) do Ministério da Saúde, é a cidade que mais investe em saúde entre os Municípios com mais de 300 mil habitantes.

VEJA TAMBÉM...