Geral

Morcegos: Zoonoses realiza trabalho de orientação contra raiva

Técnicos realizam buscas no Parque Centenário, onde foi registrado caso positivo


Equipes da Unidade de Vigilância de Zoonoses realizam trabalho de orientação sobre raiva na região do Parque Centenário. Os técnicos permanecem nas ruas do bairro para orientar a população sobre a necessidade de vacinação dos cães e gatos contra a doença, bem como sobre os procedimentos a serem realizados em caso de localização de um morcego na residência.

De acordo com o veterinário da UVZ, Luis Gustavo Grijota Nascimento, nos meses mais quentes do ano, os morcegos estão mais ativos, e, portanto, é maior a chance de se encontrar um indivíduo positivo nas residências. "O vírus da raiva é circulante em nosso município e a melhor medida de prevenção à doença é a vacinação dos cães e gatos, já que eles podem ter contato com os morcegos doentes. Nunca se deve manusear o morcego sem luvas ou equipamentos adequados, pois a doença é transmitida pela saliva do mamífero voador", detalha o veterinário, lembrando que em caso de localização do animal no chão, é necessário colocar um anteparo sobre o animal e acionar a UVZ pelo telefone 4521-0660, ou pelo serviço 156.

O Parque Centenário registra um caso de morcego positivo para a doença neste ano. Segundo levantamento da UVZ, no ano de 2018 foram localizados três morcegos positivos para a doença, também nos primeiros meses do ano (Torres de São José e Santa Clara em março e Vila Rami em abril), além de cinco bovinos mortos pela doença na região do Rio Acima.

SEE ALSO ...