Geral

Dengue: atividades de combate continuam em toda a cidade

Jundiaí permanece em situação de atenção, com 1.138 casos confirmados


Na próxima segunda-feira (6), a Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), órgão da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, realizará ação de busca ativa e orientação sobre a eliminação de criadouros dos mosquitos Aedes aegypti no bairro Rio Acima. Assim como acontece desde o início das atividades contra a dengue e demais arboviroses, a partir de notificações suspeitas para as doenças são realizadas ações de investigação, em parceria com agentes comunitários de saúde.

De acordo com o gerente da UVZ, Jundiaí permanece em situação de atenção em relação à dengue, com 1.138 casos confirmados, sendo 1.071 autóctones, ou seja, contraído na cidade. "Os bairros ainda com maior registro de casos, já trabalhados, são o São Camilo (293) e o Novo Horizonte (260). A tendência é de estabilização e redução na transmissão. Por isso é importante investigar as notificações suspeitas, de forma a antever possíveis riscos", argumenta.

O trabalho de combate à dengue e demais arboviroses vem sendo realizado desde outubro de 2018, de forma intensiva, para a orientação da população para a eliminação dos criadouros dos mosquitos, bem como a busca ativa de sintomáticos, encaminhamento de suspeitos para os equipamentos de saúde e até a aplicação de medidas adicionais.

SEE ALSO ...