Esportes

Paulista massacra o União Suzano e vence por 8 a 0

Galo venceu pela primeira vez fora de casa, na segunda fase da 4ª divisão do Paulistão


O Paulista venceu pela primeira vez fora de casa, nesta segunda fase da 4ª divisão do Paulistão. E de maneira contundente. Foi um verdadeiro massacre diante do União Suzano: 8 a 0 no último sábado. Essa vitória foi a maior do time profissional em uma partida como visitante neste século, em qualquer competição. O jogo foi válido pela terceira rodada do grupo 11.

Os 8 a 0 no estádio Francisco Marques, em Suzano, superam as duas goleadas do Tricolor como visitante desde 2001: 5 a 0 no Juazeiro, pela Série C do Brasileiro em 2001; e 5 a 0 no time azul de Mogi das Cruzes, no ano passado pela mesma 4ª divisão.

Com 6 pontos e 8 gols de saldo, o Tricolor está na frente agora do Tupã, que tem 4 pontos e 2 gols de saldo. O líder é o Catanduvense com 7 pontos e 3 gols de saldo. O União Suzano sem pontuação e 13 gols negativos de saldo, está "virtualmente eliminado". O Paulista agora volta a encontrar o União Suzano, no próximo sábado, em Jundiaí, às 15h, para com uma nova vitória ficar 99% classificado (com nove pontos é possível se classificar).

O primeiro gol do Paulista saiu com 80 segundos de jogo. Em cobrança de falta de Yan, João Paulo de cabeça, fez 1 a 0 para o Galo. O time jundiaiense ampliou aos 10 minutos. Victor Emerson caiu na área e o árbitro deu pênalti. Edinan cobrou e fez. Matheus Pereira fez seu primeiro gol pelo Tricolor, aos 16 minutos, deixando o placar em 3 a 0. Entre os 34 e 38 minutos, o Tricolor fez mais dois gols, um com Jeferson, em chute da entrada da área; e outro de Nenê, em cruzamento da linha de fundo, que encobriu o goleiro rival: 5 a 0 somente no primeiro tempo.
No segundo tempo, o Paulista controlou a partida e fez dois gols em jogadas de escanteio. Aos 31 minutos, Edinan, mostrou seu fato de goleador, e aproveitando rebote da zaga fez. Ele saiu, e deu lugar a Guga, que aos 40 minutos, também mostrou faro de artilheiro, e na pequena área, fez o sétimo. E aos 44 minutos, Guga fez o seu segundo gol e oitavo do Galo. O Paulista, de Edson Fyu, venceu com autoridade com: Matheus Lopes; Victor Emerson, Joaquim, Evandro e Yan; João Paulo, Demarchi (Gabriel Terra), Nenê ( Hurick), Matheus Pereira; Jeferson e Edinan (Guga).

SEE ALSO ...