Esportes

Morre Adejair Cordeiro, atleta super campeão do Peama

Aos 51 anos, vítima de complicações renais, Adeja deixa um legado de muitas conquistas


O atletismo de Jundiaí, mais precisamente do super vitorioso Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas (Peama), está em luto. Na segunda-feira (29), um dos atletas campeões no atletismo como portador de deficiência visual, Adejair Francisco Cordeiro, o popular Adeja, que era praticamente cego, faleceu aos 51 anos, vítima de complicações renais. Ele participava do Peama desde 1996. Começou na natação, depois partiu para o atletismo e foi também fazer corridas de rua. Esteve em várias edições da Corrida de São Silvestre, além de disputar por Jundiaí os Jogos Regionais e Jogos Abertos.

Após uma meningite adquirida enquanto jovem, Adejair ficou parcialmente cego, mas seu espírito forte o transformou num modelo de superação para todos os círculos de seus relacionamentos. A equipe do Peama lamentou a perda.

SEE ALSO ...