Esportes

Seleção de Tite, mesmo sem jogar bem, bate Checos por 3 a 1

Equipe brasileira vira no segundo tempo, com gols de Roberto Firmino e Gabriel Jesus


Drible. Velocidade. Atrevimento. Bastou um pouquinho de essência à seleção brasileira para tirar a carranca do desentrosamento e virar sobre a República Tcheca.

A equipe levou 1 a 0 no primeiro tempo, o pior da era Tite, mas viu atacantes leves, jovens e velozes mudarem a cara de um time lento e moroso.

Everton, David Neres e Gabriel Jesus, nessa ordem, entraram. E gostaram do jogo, de tabelar, de se aproximar. Se o técnico da Seleção queria oportunizar, foram os jogadores que o oportunizaram novas ideias para a Copa América que vem aí. Firmino e Jesus, duas vezes, garantiram o 3 a 1.

SEE ALSO ...