Economia

Governo anuncia regras para saque do FGTS

Os saques do FGTS começarão no mês de setembro e serão de até R$ 500 por conta


O governo federal anunciou nesta quarta (24) a liberação de saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS-Pasep. O anúncio aconteceu no Palácio do Planalto com a presença do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes.

De acordo com o governo, os saques do FGTS começarão em setembro e serão de até R$ 500 por conta.

O ministro da Economia afirmou que a liberação de recursos do FGTS e do PIS totalizará R$ 42 bilhões até o fim do ano que vem. Segundo ele, a injeção de recursos na economia deverá somar R$ 30 bilhões neste ano e R$ 12 bilhões em 2020.

A liberação de parte dos recursos do FGTS, do PIS e do Pasep permitirão à economia crescer 0,35 ponto percentual adicional nos próximos 12 meses, segundo o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida. Segundo ele, 2,9 milhões de empregos formais deverão ser criados nos próximos dez anos com as medidas anunciadas.

SEE ALSO ...