Opinião

IDOSOS, SIMPLESMENTE


       O que parecia longe chegou.  Sob qualquer critério, por mais que os especialistas na duração da vida tenham alargado mais e mais a etapa final, acabaram-se a juventude, a idade madura e a adolescência geriátrica. 

       Restam agora lembranças, muitas delas porque o longo caminho lhes deu esse privilégio.  De quando corria descalço no sítio dos avós e pescava lambari no riacho; de quando frequentava as várias etapas escolares, formando amizades que, passadas tantas décadas, desfizeram-se não porque se desentenderam mas porque para muitos a vida ficou no passado. Ficaram também no passado todos os planos, sucessos e fracassos; os sonhos foram sonhados, o jogo foi jogado e é hora de sair de campo.

       Mas ainda vale a pena acordar todos os dias e saber-se vivo.  Muito às vezes algum filho ou neto virá vê-lo, e sempre um dos tantos estará interessado, ou parecerá estar, com histórias de vitórias e derrotas vividas e agora tornadas belas e intensas pelo filtro da memória e do desfiar de argumentos reais e ilusórios (mas tornados reais pela ausência cada vez maior de quem tenha vivido com eles esses momentos e possam desmenti-los com outras versões dos fatos cada vez mais longínquos).

       Sentem que, se não deram tudo de si, ao menos chegaram perto de seus limites e fizeram o melhor possível.  Pecaram mais por zelo do que por omissão e isso os reconforta quando as famílias se reúnem para mostrar alegria, união e gratidão, ainda que escondam seus punhais para não deixá-los infelizes. 

       Insistem em se deixarem levar sozinhos pelos caminhos percorridos. Os passos trôpegos não condizem com as mentes lúcidas, um pouco esquecidas mas por vezes seletivamente olvidadas, para não reviverem angústias e sofrimentos.

       Convence-se cada vez mais que fez seu caminho, com tão poucos remorsos que não vale a pena mencioná-los. Procura não lembrar, mas a estrada vai-se estreitando cada vez mais até a sinalização de vida encerrada. Porque esse é o jogo, essas foram as regras; e muito em breve vai saber se haverá recompensas ou apenas o pó que o devolverá às estrelas.


SEE ALSO ...